Oficina Casa Grande e Senzala – opressores e oprimidos

Oficina da UFRJ - opressores x oprimidos

Oficina da UFRJ - opressores x oprimidos

O oficineiro Carlos Henrique  da UFRJ propõe um desafio: utilizar a discussão do opressor e do oprimido dentro da proposta do Casa Grande e Senzala de Gilberto Freyre.

A idéia é refletir sobre a identidade brasileira, mostrando a relação dos senhores e seus escravos na estrutura da formação do povo brasileiro, no passado e no presente.

A oficina que ensina técnicas e jogos cênicos do Teatro do Oprimido acontece em dois turnos: de manhã: 09:00 h às 12:00 h e à tarde 13:00 às 16:00h.

O resultado será um painel com imagens, música e poesias, que terá como pano de fundo as propostas e interpretações dos participantes da oficina.

Crédito: Gabriela Marsico , Marina Luiza , Paula Laza

Anúncios
Esse post foi publicado em FlipZona 2010. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s