Por trás das oficinas do PROLER

Making of PROLER

Making of PROLER

O PROLER que antes era apenas destinado a professores, esse ano se renova com a invasão literária. O objetivo agora é espalhar a poesia para a população local.

Serão diversas formas de abordagem nas ruas,as pessoas poderão ser surpreendidas com o : assalto literário, púlpito e entre outros.

Uma novidade também desse ano, inspirada na grande quantidade de restaurantes é o menu literário. Ao invés das pessoas pedirem pratos, elas pedem poesias, com direito a tudo que tem em um restaurante inclusive, o garçom.

O dia de hoje ficou destinado aos preparativos das oficinas do PROLER, uma delas é a sapateira literária. A coordenadora e produtora dessa oficina, a Bia da Casa Azul, acompanhado de um grupo de alunos do curso normal do CEMBRA, recortaram e montaram as sapateiras para o dia  do PROLER.

As principais oficinas acontecerão no Centro Histórico, a partir das 8h, no dia 19.

crédito: Gabriela Marsico

Anúncios
Esse post foi publicado em Eventos 2010. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Por trás das oficinas do PROLER

  1. Bia disse:

    A matéria ficou muito boa parabéns a todos Zoneiros* rsrsrs
    amo vcs ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s