Em ritmo de Uga Uga Rá Rá!!!!

A origem do Bloco da Lama, tema da segunda palestra do ciclo Encontros de Paraty.

A origem do Bloco da Lama, tema da segunda palestra do ciclo Encontros de Paraty.

Em clima de gostoso bate-papo a segunda edição do ENCONTROS DE PARATY, ciclo de conversas que reúne algumas das principais vertentes culturais da cidade, idealizado pela Casa Azul, foi sem dúvida um espanto, pois desta vez o assunto foi sobre os 26 anos do não menos arrepiante Bloco da Lama. O andor que trouxe os pormenores da criação deste nosso ícone carnavalesco foi carregado para dentro da Casa da Praça pelos irmãos Lúcio Congá e Marcelo Pipito, os primeiros enlameados nessa história; sob os clicks das poderosas lentes fotográficas de Giancarlo Mecarelli, fotógrafo atingido pela forte imagética de homens e mulheres que nos remetem a tempos  imemoriais quando cobertos pela lama medicinal do lado esquerdo da praia do Jabaquara

Tudo começou numa tarde de sábado de carnaval, quando um grupo de jovens catava caranguejos. O zunzumzum infernal dos muruíns, inseto comum dos manguezais, fez com que os rapazes se lambuzassem de lama, que é um artifício muito usado para se proteger desses temíveis kamikazes e se viram assim, entre urros e caretas, engraçados e terríveis ao mesmo tempo, dando o start a uma inocente aposta: desfilar como homens das cavernas pelo Centro Histórico.

Não deu outra! Usando os próprios adereços que encontraram ali mesmo no mangue (barbas de velho, galhos, folhas…), o bando atravessou a ponte do Pontal aterrorizando turistas e moradores, que corriam tresloucados com tamanha originalidade do bom terror. Um sucesso anunciado! Desde então, literalmente por osmose, o que era um bando virou centenas e atualmente milhares de “grotescos” foliões somam-se a cada ano.

     

Ao chegar a Paraty em 2004, Giancarlo Mecarelli, impressionadíssimo com tudo e todos, já conspirava com os irmãos fundadores uma grande exposição sobre os 20 anos do Bloco da Lama e, em 2005, à porta da recém aberta Galeria Zoom, crânios de boi, barbas de velho, planta conhecida também como musgo espanhol que alcança até 6 metros de comprimento, era o prenúncio da exposição de fotos incríveis sob um fundo musical gutural, misto de antigas cantorias indígenas e africanas, que ambientou a exposição. Neste mesmo ano Giancarlo cria o Paraty em Foco – Festival Internacional de Fotografias, um dos maiores eventos de fotografia da atualidade.

Os irmãos Congá e Pipito contaram que o maior legado do Bloco da Lama não é ser considerado como uma das “maiores manifestações espontâneas” do Brasil, mas sim mostrar aos participantes e principalmente aos alunos da rede escolar do município que o meio ambiente, o valor da cultura caiçara e as relações sociais entre os homens são questões fundamentais que devem estar presentes em nossos corações e mentes.

Lúcio e Marcelo também falaram sobre a questão do Bloco não entrar mais no Centro Histórico, sendo uma decisão do próprio grupo, devido ao número absurdo de participantes a cada ano. Decisão difícil, mas sensata, principalmente levando em conta que no fim da apresentação os participantes pulavam da ponte do Pontal despreocupados com a fundura do Rio Perequê ou com o risco de atingir outro integrante abaixo, na enorme iminência de afogamentos.

Por fim, o público pode assistir a algumas filmagens produzidas pela saudosa Eco TV e também a seleção de fotografias que foram expostas por Giancarlo na Galeria Zoom. Para a celebração de mais um sucesso do ENCONTROS DE PARATY todos aplaudiram embevecidos ao gritar o ÚGA ÚGA HÁ HÁ!!! imponente grito de guerra do Bloco da Lama. O encontro foi mesmo de limpar a alma!!!

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s