Conhece jornalismo em quadrinhos?

A Central Flipzona recebeu na terça-feira, dia 3, uma visita ilustre. O jornalista, escritor e tradutor Augusto Paim, de Porto Alegre, falou com a gente sobre o processo de produção da reportagem em quadrinhos. A oficina aconteceu à tarde e proporcionou um diálogo com muita criatividade.

Ele falou sobre uma reportagem desse gênero que ele produziu, a “Inside the favelas”, que relaciona sua experiência nas favelas do Rio de Janeiro com as do cartunista Joe Sacco na Palestina.  “Fiquei uma semana no Morro do Alemão e vi várias histórias, para colocá-las nos quadrinhos.”

Augusto Paim também ajudou a organizar o primeiro evento de jornalismo em quadrinhos, que neste ano está em sua 2ª edição em Porto Alegre e Curitiba. O jornalista ressaltou que esse trabalho não tem idade. “O repórter sempre acha que é deus no jornalismo, mas nos quadrinhos não. Quem é quadrinista não precisa ser jornalista ou ter estudo.”

Falou tabém sobre o panorama internacional desse formato. No Brasil, ainda não é muito comum esse tipo de trabalho. Na Bahia e no Rio Grande Do Norte são praticamentos um dos únicos no País onde há jornalismo em quadrinhos. Na Bahia, o grupo se chama “Movimento Estudantil”.

TEXTO: Harumi Chinen e Evelyn Contarine

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s