Flip: 10 anos e muitas percepções

Na 10ª edição da Flip, fomos às ruas de Paraty saber o que as pessoas acham da festa e o que ela traz de bom e ruim para a  cidade e para os moradores. As opiniões variam muito. Vão desde o reconhecimento da importância da festa para a cidade à preocupação com aumento de preços para quem mora aqui.

O estudante Kenderly Barcelos, de 17 anos, diz que “o lado bom da Flip é que Paraty é uma cidade histórica, que vive do turismo, e como a Flip atrai muitos  turistas, contribui para a verba da cidade.” Já a Yasmim Braz, também de 17 anos, disse que não curte a Flip. “Não vejo nada de bom, acho que tem muitas pessoas intelectuais naquele meio, e não entendo algumas coisas que são ditas lá.”

“A Flip veio para valorizar tudo que Paraty tem de bom.”, diz a diretora de eventos da Secretaria de Turismo de Paraty, Sueli Lara. “Mesmo após a festa, as pessoas ainda ficam integradas no mundo literário.”

Não é sempre que ela pode ir ao evento, mas quando participa de mesas, acaba comprando livros dos autores presentes.

Sueli diz mais: acha que a festa abre um grande horizonte para as pessoas que não têm muito acesso à leitura. A filha de Sueli se formou em Letras e trabalha na Flip há três anos.

O paratiense Lorenço Espírito Amorim, de 30 anos, zelador da agência do Bradesco, comentou que a festa deveria ser mais organizada e os colaboradores, mais bem-remunerados: “Acho que a galera da Flip trabalha muito e ganha pouco, isso deveria ser mais pensado.”

Helena Trince, de 38 anos, é vendedora ambulante e mora em Paraty há 2 anos. Ela conta que, quando veio para cá, vivia em uma pousada perto do Centro Histórico. Quando se aproximou o evento, recebeu um recado dos gerentes de que o preço da estadia iria aumentar. Como não ganhava muito, teve que se mudar para um camping no bairro Pontal. Comprou uma barraca e lá ficou!

“Quando a Flip começa, tudo fica mais caro e difícil de encontrar. Esses dias precisei de uma pousada ou uma casa pra alugar e eles disseram  que não podiam por causa da Flip, tudo estava sem vaga e alugado… A atenção dos comerciantes é voltada para receber as pessoas que vêm para o evento, de classe alta, e nós, que somos moradores de Paraty, não temos preferência e nem opção.”

O artista plástico Matias Lopes, de 30 anos, participa da Flip há 4 anos e elogia o evento.

Ele diz que a festa traz uma infraestrutura que não tinha nos anos anteriores.

Segundo ele, o evento traz muitas oportunidades e o espírito da cidade muda. “A Flip traz essa mágica, o colorido dos livros, as pessoas ficam atraídas por isso.”

Lopes só ressalva que a Flip deveria dar mais oportunidades aos jovens autores. “Precisa de mais escritores iniciantes, para poder abrir mais espaço a eles.”

As palestras da festa são o que mais cativa a paratiense Érica Ramos, de 28 anos, que trabalha no laboratório Angra Lab. “As mesas são ótimas”, diz. Ela ainda elogia a Flipinha: “Essa programção incentiva as crianças a se aproximarem da leitura e todas a escolas participam. Cada vez mais nos integramos à leitura”.

Sobre o impacto econômico na cidade, o presidente da Cooperativa de Taxistas de Paraty, Aliomar Abreu, de 58 anos, disse que a Flip tem grande importância. Ele foi bem breve, dizendo que a Flip traz progresso, desenvolvimento e muita cultura à cidade. Durante esses dez anos, ele sempre teve muitos lucros, além de mais clientes e visitantes a cada a ano que passa.

Texto e fotos: Thalia Oliveira (15) e Tharlene Costa (14), Dayane Andrade (16), Erica Dila (18), Ivan Oliveira Soares (15) e Samuel Leão (14).

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Flip: 10 anos e muitas percepções

  1. erique disse:

    eu concordo com o que o artista plastico matias disse ai eu tambem acho que se deva abrir espaco para as pessoas conhecer os novos escritores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s