‘É um privilégio participar da Flip’, diz Silviano Santiago

 

O escritor Silviano Santiago concedeu uma entrevista da Radio Batuta, um admirador da literatura estrangeira. Ele falou sobre o privilégio de participar de uma das melhores festas literária do Brasil e que fica  feliz por ver a cidade assim cheia. “A população quase dobra nos dias de Flip”, disse ele, que é também colunista do Estadão.

Santiago falou um pouco da sua infância e do seu livro Liberdade, em que ele faz uma ficção como se estivesse na pele do escritor Graciliano Ramos (mantendo um paralelo com Memórias do Cárcere, obra de Ramos). “O livro poderia se chamar O diário de Graciliano Ramos”, brincou e deu uma risada. “Como escritor, eu gosto de personagens que me ajudam a escrever. Que me dão estimulo”

Elogia  Glaciliano Ramos, e faz algumas críticas de uma editora. “Eu não sei o que deu na cabeça dessa editora, que  tranformou esse livro no futuro do pretérito em perfeito. porque acreditaram que as pessoas nao iam entender, mas   eles  se enganaram. E  graças a Deus as novas edições foram corrigidas. Afinal, qual seria a graça do personagem perfeito, certo e sem defeitos?”

Depois de uma pergunta, ele comentou sobre o Livro “Madame Bovary”, romance escrito por Gustavo Flaubert que causou um escândalo ao ser publicado em 1857, assim que o livro foi lançado, houve na frança um grande interesse pelo romance, que levou seu autor a julgamento. “Madame Bovary era uma máquina de prazer, lendo o livro vocês percebem isso, ela era insaciável.”

Falou também sobre paródias de Osvald de Andrade, em que  debocha dos valores do passado, de refazer o que ja foi feito mas de um jeito mais engraçado. Como a paródia de Canção do Exílio, de Gonçalves Dias, com os famosos versos “minha terra tem palmeiras, onde canta o sabiá. Santiago lembra que Andrade faz uma paródia nacionalista, com “minha terra tem palmares”.

“Paródia vai fazer rir, vai ridicularizar, vai porque vai pedir para que as pessoas vejam de outra forma, diferente da tradicional”.

TEXTO: Dayane Andrade, de 16 anos, e Érica Dila, de 18

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s