Festa Literária Internacional da Pegação (Flip)

A Flip está pegando fogo e, mesmo o foco sendo a literatura, a pegação está pelas ruas. Com a cidade lotada de gente jovem, bonita, interessante e louca para curtir a vida, muitos tem se dado bem.

A estudante paratiense Vitoria conta que já ficou com três meninos. E isso no mesmo dia. O primeiro a beijou para provar a seus amigos que não era gay. “O segundo me pegou de surpresa”, diz ela, às gargalhadas. Já o terceiro, foi ela que provocou. Vitoria garantiu: todos os meninos beijavam muito bem.

A Praça da Matriz foi o local preferido para quem buscava sua alma gêmea – mesmo que esse encontro durasse só alguns minutos. Quando escurecia, era o momento da caça. Por questões de segurança, os sobrenomes não serão revelados.

Ainda zerado na balada, João confia que vai catar alguém nessa Flip. Já o Guilherme desencanou de procurar seu par, apesar de ter visto muitas meninas bonitas e com corpo sedutor pelas ruas. A Amanda, amiga dos dois garotos, revelou que a Flip foi a oportunidade para que ela ficasse com um “amigo” que estava de olho nela há algum tempo. Em uma das noites, saíram juntos pela cidade e ele teve a iniciativa de beijá-la.

Com a ajuda das amigas, a Mariana, que é de Lídice, contou que ficou um menino lindo. “Ele tinha olhos azuis e parecia um Deus grego”, disse ela, toda empolgada. “Pensei que fosse gringo, mas era daqui.” As amigas ficaram de vela, enquanto os dois se beijavam atrás da Igreja da Matriz. Segundo a menina, ele tinha uma boa pegada.

Felipe, que é do Paraná e veio a trabalho, aproveitou uma de suas folgas à noite para ir ao pagode – e se deu bem. Após uma troca de olhares com uma loira de São Paulo, rolou aquele xaveco. Foram para um lugar mais reservado e aproveitaram o resto da noite (de maneira impublicável). A ideia era trocar os número de telefone, para no futuro se encontrarem, mas os aparelhos dos dois não funcionavam. E a paquera não passou de uma noite.

A Flip está acabando, mas pelo visto, além de aproveitar toda a programação, parece que a galera se aproveitou bastante.

Catarina Costa, de 18 anos
Lorraine Viana, de 17 anos

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s