O que rola na programação paralela à Flip

Paralelamente à programação principal, mas não menos importante, Paraty recebe nesta semana as atividades da Off Flip, do Sesc Paraty e da Casa da Liberdade, entre outros.

Surgida há cerca de dez anos, a Off Flip foi inspirada no desejo de apoiar e valorizar as manifestações culturais da região. A programação deste ano conta com saraus de poesia, shows musicais, gastronomia sustentável de Paraty e a popular Picareta Cultural. Esta última, já conhecida na cidade, reúne pessoas de todos os estilos, principalmente novos poetas e músicos.

Confira alguns dos eventos que vão rolar até domingo, pela Off Flip:

– Haicai Combat: um desafio entre poetas, que vão recitar poemas autorais curtos.
Acontece no Van Gogh Pub, na Rua Dr. Samuel Costa, 22 – Centro Histórico, no dia 4, sábado, às 20 horas, durante a Picareta Cultural.

– Debate “Literatura de resistência-preconceito, ativismo e até a margem”: une cultura negra, grafite, literatura urbana, poesia, contos, cantos e mais.
No Van Gogh, dia 4 de julho, sábado, às 16h30.

O Centro Cultural Sesc Paraty traz uma grande programação diversificada, com dança, teatro e música. O destaque fica para a exibição do documentário “Missão de pesquisas folclóricas e etnográficas”, que reúne uma seleção de manifestações da cultura do Nordeste e Norte do Brasil. Foi coordenado por Mário de Andrade, o grande homenageado da Flip neste ano.
Dia 2, quinta, às 20 horas, na Rua da Matriz, 20 – Centro Histórico.

Outra atividade bacana é a Oficina de Roteiro, onde serão realizados exercícios práticos de produção de diversos tipos de roteiros, como para cinema, televisão e outros.
Dia 3 de julho, sexta, na Rua da Matriz, 20 – Centro Histórico.

Para mais informações, clique no link.

A Casa da Liberdade debaterá os desafios atuais do Brasil. Em seu programa, eles possuem a “Corrupteca”, que é a maior biblioteca digital de corrupção do mundo. Para mais informações, visite a sede da casa, que fica na Rua Marechal Dedoro, Centro Histórico.

Thales Matheus, de 17 anos, e Matheus Cabral, de 18. Estudantes da formação de professores do colégio CEMBRA.

Anúncios
Esse post foi publicado em 2015. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s